Roubos, proteção patrimonial e letalidade no Rio de Janeiro

Descrição:
Contribuir para a defesa dos direitos humanos em geral e do direito à vida em particular por meio da crítica às políticas de segurança pública no Rio de Janeiro: esclarecer e qualificar as relações entre as práticas de execuções extrajudiciais e o direcionamento do uso da força em operações policiais e militares para a proteção patrimonial em detrimento da defesa da vida.

Financiador:
Fundação Heinrich Böll